Actualidade
Política

Brasil prepara investimento para agricultura e demais sectores em Angola

Brasil prepara investimento para agricultura e demais sectores em Angola
Foto por:
vídeo por:
DR

Para os últimos dois anos, Angola poderá receber do Brasil um investimento de cerca de três bilhões de dólares, montante que se destinará à agricultura, refinarias, usinas, construção de centralidades e de uma nova farmacêutica, informou ontem o embaixador daquele país, Rafael Melo Vidal.

O chefe da missão diplomática brasileira, que falou à ANGOP e ao Jornal de Angola, à margem da cerimónia de condecoração de cidadãos angolanos e brasileiros por actos que contribuíram para o reforço das relações de cooperação entre os dois países, lembrou que as trocas comerciais rondam os 700 milhões de dólares, por ano.

Referiu também que, a par das relações comerciais, há uma ampla agenda cultural, assim como altos fluxos de integração e migratórios entre os dois Estados e que mais de 20 bilhões de dólares foram aplicados desde 2002.  

Rafael Vida adiantou, ainda, que no domínio técnico foram executados cerca de 70 projectos de cooperação e que outros cinco estão em andamento que privilegiam agricultura, saúde, habitação e formação de quadros.    

Além disso, informou, âmbito da parceria estratégica, estão em preparação novos acordos nos domínios do turismo sustentável, desenvolvimento da costa marítima com empreendimento hoteleiros brasileiros, com contrapartida de tratamento ambiental.

O embaixador fez saber que a comissão bilataral deve se reunir em Novembro próximo, no Brasil, podendo aprovar novos acordos nos domínios da agricultura, integração diplomática e treinamento de militares angolanos no Brasil, entre outros.

6galeria

Redacção

Para os últimos dois anos, Angola poderá receber do Brasil um investimento de cerca de três bilhões de dólares, montante que se destinará à agricultura, refinarias, usinas, construção de centralidades e de uma nova farmacêutica, informou ontem o embaixador daquele país, Rafael Melo Vidal.

O chefe da missão diplomática brasileira, que falou à ANGOP e ao Jornal de Angola, à margem da cerimónia de condecoração de cidadãos angolanos e brasileiros por actos que contribuíram para o reforço das relações de cooperação entre os dois países, lembrou que as trocas comerciais rondam os 700 milhões de dólares, por ano.

Referiu também que, a par das relações comerciais, há uma ampla agenda cultural, assim como altos fluxos de integração e migratórios entre os dois Estados e que mais de 20 bilhões de dólares foram aplicados desde 2002.  

Rafael Vida adiantou, ainda, que no domínio técnico foram executados cerca de 70 projectos de cooperação e que outros cinco estão em andamento que privilegiam agricultura, saúde, habitação e formação de quadros.    

Além disso, informou, âmbito da parceria estratégica, estão em preparação novos acordos nos domínios do turismo sustentável, desenvolvimento da costa marítima com empreendimento hoteleiros brasileiros, com contrapartida de tratamento ambiental.

O embaixador fez saber que a comissão bilataral deve se reunir em Novembro próximo, no Brasil, podendo aprovar novos acordos nos domínios da agricultura, integração diplomática e treinamento de militares angolanos no Brasil, entre outros.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form