Actualidade
Política

Bloco Democrático vai "bater-se seriamente" pela mobilização das eleições autárquicas

Bloco Democrático vai "bater-se seriamente" pela mobilização das eleições autárquicas
Foto por:
vídeo por:
DR

O presidente do Bloco Democrático (BD), Filomeno Viera Lopes, afirmou ontem que o partido vai "bater-se seriamente" pela mobilização total para as eleições autárquicas, "sabendo que o cidadão está com a causa da liberdade e da democracia em Angola e que quer contribuir para que estes objectivos sejam concretizáveis".

Falando por ocasião da abertura do primeiro colóquio nacional de quadros do BD, em que serão analisados os 13 anos da organização política, assinalados a 20 de Outubro último, o partido, segundo o seu líder, vai ainda empenhar-se na libertação dos presos políticos e na protecção dos cidadãos vítima das violações de seus direitos, por via de esbulho de terras ou por manifestarem uma visão diferente do poder instituído.

"Nas eleições autárquicas, os cidadãos vão controlar as acções do Executivo, ajudando a combater a corrupção, bater-se pela liberdade dos presos políticos, na protecção dos cidadãos vítimas das violações de seus direitos, por via de esbulho de terras, ou por manifestarem uma visão diferente do poder instituído", reforçou Filomeno, tendo precisado que, para manter a exigência de que o Estado combata a pobreza, permitam um justo nível de vida para todos, o ambiente seja preservado e os serviços públicos sejam exemplares, a mobilização de meios financeiros é fundamental e o seu contributo é decisivo.

O evento, apurou o Novo Jornal, contou com a participação de 150 convidados, entre militantes e representantes da sociedade civil angolana, onde foi feita uma retrospectiva da criação da Associação Cívica de Angola (ACA), e da Frente para a Democracia (FPD), ambas antecessoras do actual Bloco Democrático.

O BD, refira-se, é uma instituição que existe há 13 anos, mas já tem um percurso de três décadas de ideologia política, iniciado em 1990.

Destaque

No items found.

6galeria

Redacção

O presidente do Bloco Democrático (BD), Filomeno Viera Lopes, afirmou ontem que o partido vai "bater-se seriamente" pela mobilização total para as eleições autárquicas, "sabendo que o cidadão está com a causa da liberdade e da democracia em Angola e que quer contribuir para que estes objectivos sejam concretizáveis".

Falando por ocasião da abertura do primeiro colóquio nacional de quadros do BD, em que serão analisados os 13 anos da organização política, assinalados a 20 de Outubro último, o partido, segundo o seu líder, vai ainda empenhar-se na libertação dos presos políticos e na protecção dos cidadãos vítima das violações de seus direitos, por via de esbulho de terras ou por manifestarem uma visão diferente do poder instituído.

"Nas eleições autárquicas, os cidadãos vão controlar as acções do Executivo, ajudando a combater a corrupção, bater-se pela liberdade dos presos políticos, na protecção dos cidadãos vítimas das violações de seus direitos, por via de esbulho de terras, ou por manifestarem uma visão diferente do poder instituído", reforçou Filomeno, tendo precisado que, para manter a exigência de que o Estado combata a pobreza, permitam um justo nível de vida para todos, o ambiente seja preservado e os serviços públicos sejam exemplares, a mobilização de meios financeiros é fundamental e o seu contributo é decisivo.

O evento, apurou o Novo Jornal, contou com a participação de 150 convidados, entre militantes e representantes da sociedade civil angolana, onde foi feita uma retrospectiva da criação da Associação Cívica de Angola (ACA), e da Frente para a Democracia (FPD), ambas antecessoras do actual Bloco Democrático.

O BD, refira-se, é uma instituição que existe há 13 anos, mas já tem um percurso de três décadas de ideologia política, iniciado em 1990.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form