Sociedade
Segurança Pública

Benguela: Comandante Geral garante existir segurança na província

Benguela: Comandante Geral garante existir segurança na província
Foto por:
vídeo por:
DR

O Comandante Geral da Polícia Nacional de Angola, Paulo Gaspar de Almeida, asseverou, neste último sábado, em Benguela, que a segurança reina naquela província.

O líder da corporação afirmou, durante o balanço da sua visita de constatação, ajuda e apoio àquela região do país, não existir uma situação de segurança pública preocupante.

“Da constatação feita, foi possível observar que existe uma boa colaboração dos cidadãos, no que concerne as tarefas de segurança pública”, disse o Comissário, citado na página de Facebook da Polícia Nacional, tendo frisado que gostou do trabalho das administrações e entidades tradicionais, e exortou que continuem nesta senda, pois só assim a PNA vai continuar a exercer com eficiência o seu papel.

“Nós temos que ser sempre acutilantes nas nossas missões, sempre dedicados e cumprindo com as orientações”, considerou Paulo Gaspar de Almeida.

Segundo o responsável, actualmente, a Polícia é uma ciência, e não pode ficar de reboque perante esta situação. “Temos que nos antecipar, adquirindo conhecimentos, porque só assim vamos elevar bem alto o nome da corporação”, finalizou.

6galeria

Redacção

O Comandante Geral da Polícia Nacional de Angola, Paulo Gaspar de Almeida, asseverou, neste último sábado, em Benguela, que a segurança reina naquela província.

O líder da corporação afirmou, durante o balanço da sua visita de constatação, ajuda e apoio àquela região do país, não existir uma situação de segurança pública preocupante.

“Da constatação feita, foi possível observar que existe uma boa colaboração dos cidadãos, no que concerne as tarefas de segurança pública”, disse o Comissário, citado na página de Facebook da Polícia Nacional, tendo frisado que gostou do trabalho das administrações e entidades tradicionais, e exortou que continuem nesta senda, pois só assim a PNA vai continuar a exercer com eficiência o seu papel.

“Nós temos que ser sempre acutilantes nas nossas missões, sempre dedicados e cumprindo com as orientações”, considerou Paulo Gaspar de Almeida.

Segundo o responsável, actualmente, a Polícia é uma ciência, e não pode ficar de reboque perante esta situação. “Temos que nos antecipar, adquirindo conhecimentos, porque só assim vamos elevar bem alto o nome da corporação”, finalizou.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form