Ciência & Tecnologia
Educação

Angolanos já podem usar o aplicativo Qualificar

Angolanos já podem usar o aplicativo Qualificar
Foto por:
vídeo por:
DR

O Presidente da República, João Lourenço, anunciou hoje, por intermédio das suas contas de Facebook, Instagram e Twitter, o lançamento do aplicativo “Qualificar”, que virá facilitar o acesso à informação sobre mais de três mil cursos repartidos entre os diversos níveis de ensino e formação, nomeadamente Ensino Secundário Técnico, Ensino Superior, Ensino Pedagógico, Formação Profissional e Formação para a Administração.

A plataforma constitui um serviço público de consulta da oferta formativa, abrangendo mais de 500 instituições de ensino e formação, distribuídas pelas 18 províncias do país.

“Sempre defendi que apostar nos jovens é apostar no nosso futuro. Acredito que o caminho para o sucesso depende da dedicação aos estudos e ao trabalho. É com satisfação que anuncio o lançamento do Aplicativo Móvel QUALIFICAR. Estás preparado?”, escreveu o Presidente.

O projecto inclui a oferta formativa assegurada pelas instituições tuteladas pelos diversos ministérios com atribuições no domínio do ensino e formação, sendo eles o Ministério da Educação, Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, Ministério da Administração Pública,Trabalho e Segurança Social, Ministério da Administração do Território e Reforma de Estado e ainda o Ministério da Economia e Planeamento.

Compatível para vários dispositivos móveis, é totalmente gratuito e já se encontra disponível para instalação na Play Store e AppleStore, de acordo com a fonte, onde os utilizadores poderão efectuar a sua pesquisa por curso, por província e por área de conhecimento.

Com este aplicativo, os angolanos passam a ter acesso à informação sobre os vários cursos disponíveis no país, incluindo sectores prioritários como a Agricultura e Pescas.

Entretanto, ao ONgoma News, Augusto Firmino, co-fundador da INOKRI, startup que concebeu o aplicativo, revelou que foi um trabalho feito com muito orgulho e há agora o sentimento de dever cumprido, e o feito é também uma forma de mostrar o que as pequenas empresas podem fazer.

Trata-se do maior portal de oferta formativa de todo país que o Governo disponibiliza para todos os estudantes que poderão optar por um curso técnico-profissional ou superior, ou ainda seguir a carreira de professor, e igualmente para todos os angolanos que pretendam apostar na melhoria contínua das suas competências.

6galeria

Andrade Lino

Jornalista

Estudante de Língua Portuguesa e Comunicação, amante de artes visuais, música e poesia.

O Presidente da República, João Lourenço, anunciou hoje, por intermédio das suas contas de Facebook, Instagram e Twitter, o lançamento do aplicativo “Qualificar”, que virá facilitar o acesso à informação sobre mais de três mil cursos repartidos entre os diversos níveis de ensino e formação, nomeadamente Ensino Secundário Técnico, Ensino Superior, Ensino Pedagógico, Formação Profissional e Formação para a Administração.

A plataforma constitui um serviço público de consulta da oferta formativa, abrangendo mais de 500 instituições de ensino e formação, distribuídas pelas 18 províncias do país.

“Sempre defendi que apostar nos jovens é apostar no nosso futuro. Acredito que o caminho para o sucesso depende da dedicação aos estudos e ao trabalho. É com satisfação que anuncio o lançamento do Aplicativo Móvel QUALIFICAR. Estás preparado?”, escreveu o Presidente.

O projecto inclui a oferta formativa assegurada pelas instituições tuteladas pelos diversos ministérios com atribuições no domínio do ensino e formação, sendo eles o Ministério da Educação, Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, Ministério da Administração Pública,Trabalho e Segurança Social, Ministério da Administração do Território e Reforma de Estado e ainda o Ministério da Economia e Planeamento.

Compatível para vários dispositivos móveis, é totalmente gratuito e já se encontra disponível para instalação na Play Store e AppleStore, de acordo com a fonte, onde os utilizadores poderão efectuar a sua pesquisa por curso, por província e por área de conhecimento.

Com este aplicativo, os angolanos passam a ter acesso à informação sobre os vários cursos disponíveis no país, incluindo sectores prioritários como a Agricultura e Pescas.

Entretanto, ao ONgoma News, Augusto Firmino, co-fundador da INOKRI, startup que concebeu o aplicativo, revelou que foi um trabalho feito com muito orgulho e há agora o sentimento de dever cumprido, e o feito é também uma forma de mostrar o que as pequenas empresas podem fazer.

Trata-se do maior portal de oferta formativa de todo país que o Governo disponibiliza para todos os estudantes que poderão optar por um curso técnico-profissional ou superior, ou ainda seguir a carreira de professor, e igualmente para todos os angolanos que pretendam apostar na melhoria contínua das suas competências.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form