Sociedade
Segurança

Angola terá novo modelo de matrículas, anuncia DNVT

Angola terá novo modelo de matrículas, anuncia DNVT
Foto por:
vídeo por:
DR

O Chefe do Departamento de Telecomunicações e Informática da Direcção Nacional de Viação e Trânsito (DNVT), Domingos Satchitela, anunciou, ontem, em Luanda, que o país vai contar, brevemente, com um novo modelo de matrículas.

O Inspector-Chefe, que falava durante uma entrevista exclusiva ao Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa da Polícia Nacional, salientou que a medida está inserida no Decreto Presidencial n° 202/2016 de 27 de Setembro, que regula as atribuições de chapas de matrículas para veículos automóveis e seus reboques, tendo esclarecido que as matrículas actualmente usadas em Angola não contêm nenhum elemento de segurança.

“Existe um elevado número de falsificações e duplicações de matrículas, o que resulta em elevadas perdas fiscais e quebra na segurança pública”, justificou.

Segundo o responsável, citado no artigo da PNA, os dados das viaturas matriculadas, actualmente, estão parcialmente registados em formato electrónico, em Luanda, e noutros centros de atribuição, em livros, mas está em curso um processo de digitalização de todos os dados das viaturas numa base de dados central.

Esse novo dispositivo, referiu, irá suprir todo défice que havia, pois traz consigo elementos de segurança que anteriormente não se faziam acompanhar, como a identificação da placa e outros.

“Em caso de acidentes, a título de exemplo, o automobilista deve comunicar a DNVT, que teve um acidente, e as autoridades é que vão, por sua vez, enviar a informação ao centro para poder fabricar a chapa. Isso para diminuir o índice de clonagem e falsificações”, explicou Domingos Satchitela.

O representante da DNVT avançou entretanto que, neste momento, a área que dirige está a trabalhar com o seu parceiro, e que o primeiro centro de matrícula já se encontra erguido, faltando apenas o seu apetrechamento.

“Vamos ter vários pontos para o procedimento da troca, no qual todos os veículos vão passar por uma inspecção, pois nós queremos com esta campanha detectar o maior número de carros roubados”, rematou.

6galeria

Redacção

O Chefe do Departamento de Telecomunicações e Informática da Direcção Nacional de Viação e Trânsito (DNVT), Domingos Satchitela, anunciou, ontem, em Luanda, que o país vai contar, brevemente, com um novo modelo de matrículas.

O Inspector-Chefe, que falava durante uma entrevista exclusiva ao Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa da Polícia Nacional, salientou que a medida está inserida no Decreto Presidencial n° 202/2016 de 27 de Setembro, que regula as atribuições de chapas de matrículas para veículos automóveis e seus reboques, tendo esclarecido que as matrículas actualmente usadas em Angola não contêm nenhum elemento de segurança.

“Existe um elevado número de falsificações e duplicações de matrículas, o que resulta em elevadas perdas fiscais e quebra na segurança pública”, justificou.

Segundo o responsável, citado no artigo da PNA, os dados das viaturas matriculadas, actualmente, estão parcialmente registados em formato electrónico, em Luanda, e noutros centros de atribuição, em livros, mas está em curso um processo de digitalização de todos os dados das viaturas numa base de dados central.

Esse novo dispositivo, referiu, irá suprir todo défice que havia, pois traz consigo elementos de segurança que anteriormente não se faziam acompanhar, como a identificação da placa e outros.

“Em caso de acidentes, a título de exemplo, o automobilista deve comunicar a DNVT, que teve um acidente, e as autoridades é que vão, por sua vez, enviar a informação ao centro para poder fabricar a chapa. Isso para diminuir o índice de clonagem e falsificações”, explicou Domingos Satchitela.

O representante da DNVT avançou entretanto que, neste momento, a área que dirige está a trabalhar com o seu parceiro, e que o primeiro centro de matrícula já se encontra erguido, faltando apenas o seu apetrechamento.

“Vamos ter vários pontos para o procedimento da troca, no qual todos os veículos vão passar por uma inspecção, pois nós queremos com esta campanha detectar o maior número de carros roubados”, rematou.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form