Sociedade
Solidariedade

Angoalissar ajuda Governo do Namibe na luta contra a insegurança alimentar e nutricional

Angoalissar ajuda Governo do Namibe na luta contra a insegurança alimentar e nutricional
Foto por:
vídeo por:
DR

Tendo como objectivo mitigar os efeitos da insegurança alimentar e nutricional no sul de Angola, a Angoalissar, em articulação com o Governo Provincial do Namibe e a Administração Municipal do Virei, distribuiu recentemente 14 toneladas de alimentos às populações mais afectadas pela fome e pela seca naquela região do país.

Num gesto que se enquadra na campanha “Angoalissar Solidária” e visa assinalar o Dia Mundial da Alimentação, comemorado no dia 16 de Outubro, a distribuição foi feita directamente aos munícipes, no dia 28 do mês findo, defronte à administração do município do Virei, província do Namibe.

De acordo com a nota que recebemos, a delegação da empresa dirigiu-se ainda à localidade de Kuiti Kuiti, onde aguardavam mais de 250 famílias, tendo também feito donativos directamente aos transeuntes na estrada que une Virei a Moçâmedes.

Dos alimentos doados constam arroz, farinha, feijão, óleo vegetal e sal, assumindo também a dupla importância na conservação de alimentos para aqueles que não têm acesso a meios refrigerados para a carne e o peixe.

A iniciativa, que irá repetir-se por altura do Natal, visa hospitais públicos, instituições de solidariedade social e populações que vivem distantes dos centros e capitais de província.

“Com esta doação temos a estimativa de serem possíveis preparar 800 mil refeições para pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional, e em especial aquelas que vivem em municípios mais pobres, tais como o do Virei no Namibe”, destacou Hiba Nesr, directora de Responsabilidade Social Corporativa da Angoalissar, durante o lançamento interno da campanha.

“A  Angoalissar uma iniciativa social desenvolvida há mais de três  décadas e com base em objectivos sustentáveis que visam a melhoria das condições das comunidades em que a empresa actua, com especial ênfase no combate à fome e desnutrição, bem como o desenvolvimento e qualidade na educação”, acrescentou.

Destaque

No items found.

6galeria

Redacção

Tendo como objectivo mitigar os efeitos da insegurança alimentar e nutricional no sul de Angola, a Angoalissar, em articulação com o Governo Provincial do Namibe e a Administração Municipal do Virei, distribuiu recentemente 14 toneladas de alimentos às populações mais afectadas pela fome e pela seca naquela região do país.

Num gesto que se enquadra na campanha “Angoalissar Solidária” e visa assinalar o Dia Mundial da Alimentação, comemorado no dia 16 de Outubro, a distribuição foi feita directamente aos munícipes, no dia 28 do mês findo, defronte à administração do município do Virei, província do Namibe.

De acordo com a nota que recebemos, a delegação da empresa dirigiu-se ainda à localidade de Kuiti Kuiti, onde aguardavam mais de 250 famílias, tendo também feito donativos directamente aos transeuntes na estrada que une Virei a Moçâmedes.

Dos alimentos doados constam arroz, farinha, feijão, óleo vegetal e sal, assumindo também a dupla importância na conservação de alimentos para aqueles que não têm acesso a meios refrigerados para a carne e o peixe.

A iniciativa, que irá repetir-se por altura do Natal, visa hospitais públicos, instituições de solidariedade social e populações que vivem distantes dos centros e capitais de província.

“Com esta doação temos a estimativa de serem possíveis preparar 800 mil refeições para pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional, e em especial aquelas que vivem em municípios mais pobres, tais como o do Virei no Namibe”, destacou Hiba Nesr, directora de Responsabilidade Social Corporativa da Angoalissar, durante o lançamento interno da campanha.

“A  Angoalissar uma iniciativa social desenvolvida há mais de três  décadas e com base em objectivos sustentáveis que visam a melhoria das condições das comunidades em que a empresa actua, com especial ênfase no combate à fome e desnutrição, bem como o desenvolvimento e qualidade na educação”, acrescentou.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form