Actualidade
Política

Adriano Mendes de Carvalho, novo governador do Cuanza Norte, assegura reforçar a atenção ao desenvolvimento dos municípios

Adriano Mendes de Carvalho, novo governador do Cuanza Norte, assegura reforçar a atenção ao desenvolvimento dos municípios
Foto por:
vídeo por:
DR

O desenvolvimento dos municípios, dos seus recursos humanos e produtivos, com vista a melhoria do nível de vida dos munícipes, de modo a travar a fuga dos quadros jovens para outras provinciais, em busca de melhores condições de vida estarão reforçados na gestão do novo governador da província do Cuanza Norte, Adriano Mendes de Carvalho.

Além destes, o responsável garantiu priorizar a melhoria das condições nos sectores da saúde, educação, saneamento básico, bem como o acesso à água potável e à energia eléctrica, falando ontem, em Ndalatando, na cerimónia de recessão de pastas e de apresentação aos colaboradores e membros da sociedade civil, prometendo ainda dar continuidade às acções, em curso, desenvolvidas pelo seu antecessor, muitas delas de capital importância para as populações.

O grande desafio, de acordo com o governador, será dotar as administrações municipais de meios técnicos e quadros capazes para melhorar a prestação de serviços aos cidadãos e a consequente arrecadação de receitas.

Para se concretizar os objectivos traçados, Adriano Mendes de Carvalho aposta forte na agricultura familiar e mecanizada, turismo, comércio e prestação de serviços, de modo a contribuir para a geração de mais empregos para a juventude.

Traz como lema da governação no Cuanza Norte “Estamos proibidos de falhar” e, assim, assegura que fará com que as acções do governo falem “muito mais alto” do que as palavras dos seus dirigentes.

Para isso, quer o apoio de todos os quadros locais, principalmente daqueles que, no exercício das suas funções, demonstrem engajamento, rigor e disciplina na gestão do erário público, mantendo acesa a chama do combate à corrupção e ao nepotismo, entre outras práticas nocivas.

Nesta cerimónia presidida pelo ministro da Administração do Território e Reforma do Estado, Adão de Almeida, o novo governador do Cuanza Norte defendeu o estreitamento das relações com o empresariado, dando-lhes oportunidades para que possam desenvolver os seus negócios, ao mesmo tempo que contribuem para o desenvolvimento da província, de acordo com a Angop.

 

6galeria

Redacção

O desenvolvimento dos municípios, dos seus recursos humanos e produtivos, com vista a melhoria do nível de vida dos munícipes, de modo a travar a fuga dos quadros jovens para outras provinciais, em busca de melhores condições de vida estarão reforçados na gestão do novo governador da província do Cuanza Norte, Adriano Mendes de Carvalho.

Além destes, o responsável garantiu priorizar a melhoria das condições nos sectores da saúde, educação, saneamento básico, bem como o acesso à água potável e à energia eléctrica, falando ontem, em Ndalatando, na cerimónia de recessão de pastas e de apresentação aos colaboradores e membros da sociedade civil, prometendo ainda dar continuidade às acções, em curso, desenvolvidas pelo seu antecessor, muitas delas de capital importância para as populações.

O grande desafio, de acordo com o governador, será dotar as administrações municipais de meios técnicos e quadros capazes para melhorar a prestação de serviços aos cidadãos e a consequente arrecadação de receitas.

Para se concretizar os objectivos traçados, Adriano Mendes de Carvalho aposta forte na agricultura familiar e mecanizada, turismo, comércio e prestação de serviços, de modo a contribuir para a geração de mais empregos para a juventude.

Traz como lema da governação no Cuanza Norte “Estamos proibidos de falhar” e, assim, assegura que fará com que as acções do governo falem “muito mais alto” do que as palavras dos seus dirigentes.

Para isso, quer o apoio de todos os quadros locais, principalmente daqueles que, no exercício das suas funções, demonstrem engajamento, rigor e disciplina na gestão do erário público, mantendo acesa a chama do combate à corrupção e ao nepotismo, entre outras práticas nocivas.

Nesta cerimónia presidida pelo ministro da Administração do Território e Reforma do Estado, Adão de Almeida, o novo governador do Cuanza Norte defendeu o estreitamento das relações com o empresariado, dando-lhes oportunidades para que possam desenvolver os seus negócios, ao mesmo tempo que contribuem para o desenvolvimento da província, de acordo com a Angop.

 

Redacção

Licenciado em Gestão e Administração pela Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto, Félix Abias é um jornalista angolano que explora temas ligados à política e economia local. Actualmente trabalha para o Grupo Média Rumo

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form