ON/OFF

A nossa saúde anda enferma

A nossa saúde anda enferma
Foto por:
vídeo por:
DR

Nas últimas duas semanas, dezasseis crianças morreram no Hospital Geral do Moxico, uma das unidades hospitalares de maior referência da província, o que nos leva a questionar sobre quais serão as estatísticas no interior, ou seja, nas comunidades mais recônditas, aí onde não chega nem luz, nem água, para não falar de ajuda médica e medicamentosa.

 Segundo dados divulgados pela Angop, nos últimos sete dias, nessa unidade hospitalar, localizada na cidade de Luena, catorze pessoas, dez das quais crianças, morreram nos últimos sete dias, vítimas de malária e broncopneumonia, mais quatro em relação ao período anterior.

Durante o mesmo período, assistiu-se 302 casos de malária, mais 83, em comparação com igual período anterior, e 114 de broncopneumonia (mais 49). No Banco de Urgência do Hospital Municipal do Moxico (sede), dos mil e 462 pacientes assistidos, foram diagnosticados 762 casos de malária, causando óbitos a duas pessoas.

Esse é apenas um exemplo da dura realidade de um país cuja saúde anda enferma e onde crianças morrem por falta de uma seringa ou de antibióticos, enquanto deputados e ministros discutem regalarias…

6galeria

Nas últimas duas semanas, dezasseis crianças morreram no Hospital Geral do Moxico, uma das unidades hospitalares de maior referência da província, o que nos leva a questionar sobre quais serão as estatísticas no interior, ou seja, nas comunidades mais recônditas, aí onde não chega nem luz, nem água, para não falar de ajuda médica e medicamentosa.

 Segundo dados divulgados pela Angop, nos últimos sete dias, nessa unidade hospitalar, localizada na cidade de Luena, catorze pessoas, dez das quais crianças, morreram nos últimos sete dias, vítimas de malária e broncopneumonia, mais quatro em relação ao período anterior.

Durante o mesmo período, assistiu-se 302 casos de malária, mais 83, em comparação com igual período anterior, e 114 de broncopneumonia (mais 49). No Banco de Urgência do Hospital Municipal do Moxico (sede), dos mil e 462 pacientes assistidos, foram diagnosticados 762 casos de malária, causando óbitos a duas pessoas.

Esse é apenas um exemplo da dura realidade de um país cuja saúde anda enferma e onde crianças morrem por falta de uma seringa ou de antibióticos, enquanto deputados e ministros discutem regalarias…

Licenciado em Gestão e Administração pela Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto, Félix Abias é um jornalista angolano que explora temas ligados à política e economia local. Actualmente trabalha para o Grupo Média Rumo

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form