Desporto
Concurso

4ª prova do Campeonato de Motocross leva “drena” ao Circuito Jacaré Bangão

4ª prova do Campeonato de Motocross leva “drena” ao Circuito Jacaré Bangão
Foto por:
vídeo por:
DR

O Circuito Jacará Bangão, na província do Bengo, acolheu, neste sábado, pelas 14h00, a 4ª prova do Campeonato Angolano de Motocross, promovido pela Speed, marca de bebidas energéticas da Refriango, juntamente com a Federação Angolana de Desportos Motorizados.

Nesta 2ª edição do Campeonato Angolano de Motocross (CAM), que conta com quatro provas realizadas em 4 províncias, nomeadamente Luanda, Kwanza-Norte(N’Dalatando), Huíla (Quilengues), e agora o Bengo (Porto Quipiri), participaram 16 pilotos, tendo chegado ao pódio, na categoria 250 cc, Fernas Baptista, da Team Tranchipeta, seguido do piloto da Kita Racing, Branquinho Pina, e no 3ªlugar, Nuno Lopes, da Team Sossisobra.

Na categoria de Moto 4, o piloto Edson Miranda, da Team Orbel, conquistou o 1º lugar,seguindo-se Edson Sebastião, pela Team Cazenga, deixando a Carlos Alberto a 3ª posição.

“É o segundo ano consecutivo em que Speed é parceira da Federação Angolana dos Desportos Motorizados e estamos especialmente felizes pela grande mobilização em torno do Motocross. Há cada vez mais pilotos, mais amantes de desportos motorizados que se deslocam entre províncias para assistir à espectacularidade das manobras, e um acompanhamento da imprensa que tem dado grande destaque a este desporto, levando-o a todos os que não podem estar presentes”, referiu Eurico Feliciano, director de Marketing Operacional da Refriango, citado no comunicado que recebemos.

Na grande final de 2018, que terá lugar em Luanda, dia 27 de Outubro, serão premiados os atletas em competição nas categorias de 250 cc e Moto 4.

O prémio para os três primeiros lugares será de 1.300.000 kwanzas, e além da premiação financeira, a Speed vai oferecer a todos os atletas, pela sua participação na prova, cabazes de produtos Refriango, no valor de 1.200.000kwanzas, avança a nota.

6galeria

Andrade Lino

Jornalista

Estudante de Língua Portuguesa e Comunicação, amante de artes visuais, música e poesia.

O Circuito Jacará Bangão, na província do Bengo, acolheu, neste sábado, pelas 14h00, a 4ª prova do Campeonato Angolano de Motocross, promovido pela Speed, marca de bebidas energéticas da Refriango, juntamente com a Federação Angolana de Desportos Motorizados.

Nesta 2ª edição do Campeonato Angolano de Motocross (CAM), que conta com quatro provas realizadas em 4 províncias, nomeadamente Luanda, Kwanza-Norte(N’Dalatando), Huíla (Quilengues), e agora o Bengo (Porto Quipiri), participaram 16 pilotos, tendo chegado ao pódio, na categoria 250 cc, Fernas Baptista, da Team Tranchipeta, seguido do piloto da Kita Racing, Branquinho Pina, e no 3ªlugar, Nuno Lopes, da Team Sossisobra.

Na categoria de Moto 4, o piloto Edson Miranda, da Team Orbel, conquistou o 1º lugar,seguindo-se Edson Sebastião, pela Team Cazenga, deixando a Carlos Alberto a 3ª posição.

“É o segundo ano consecutivo em que Speed é parceira da Federação Angolana dos Desportos Motorizados e estamos especialmente felizes pela grande mobilização em torno do Motocross. Há cada vez mais pilotos, mais amantes de desportos motorizados que se deslocam entre províncias para assistir à espectacularidade das manobras, e um acompanhamento da imprensa que tem dado grande destaque a este desporto, levando-o a todos os que não podem estar presentes”, referiu Eurico Feliciano, director de Marketing Operacional da Refriango, citado no comunicado que recebemos.

Na grande final de 2018, que terá lugar em Luanda, dia 27 de Outubro, serão premiados os atletas em competição nas categorias de 250 cc e Moto 4.

O prémio para os três primeiros lugares será de 1.300.000 kwanzas, e além da premiação financeira, a Speed vai oferecer a todos os atletas, pela sua participação na prova, cabazes de produtos Refriango, no valor de 1.200.000kwanzas, avança a nota.

6galeria

Artigos relacionados

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form